Recomendações

(55)
R
Ricardo Fausto Becker
Comentário · há 8 dias
Não parece que a situação de André Esteves perante a Justiça esteja absolutamente tranquila. Segundo informou o Jornal Folha de S. Paulo em 31/05/2017, Antonio Palocci, ex-ministro da Fazenda de Lula, teria negociado uma pena de prisão domiciliar em troca da delação de André Esteves, do BTG Pactual, do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de Abílio Diniz, ex-dono do Grupo Pão de Açúcar.

Em 22/06/2018, desembargador João Pedro Gebran Neto, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, homologou a delação premiada de Palocci à Polícia Federal. As informações e documentos fornecidos por ele podem ser considerados provas e resultar na abertura de novos inquéritos e de novas fases da Operação Lava Jato.

Os principais alvos da delação premiada do ex-ministro da Fazenda de Lula seriam, segundo consta, figuras que integraram o governo – inclusive o próprio ex-presidente da República. Pouco se sabe, porém, acerca do conteúdo dessa delação, uma vez encontrar-se em segredo de justiça. Não obstante, em 26/04/2018, o jornal "O Globo" revelou que a delação reuniria fatos que envolvem, em grande parte, o esquema de arrecadação do PT com empreiteiras citadas na Lava-Jato, bem como a atuação dos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff nos crimes apurados pela operação. Subsiste, portanto, a dúvida quanto a ter Palocci cumprido ou não a promessa de incluir banqueiros em suas revelações, entre as quais figuraria, pelo fato de ter o nome antecipado em 2017, o de André Esteves
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros advogados em Guarujá (SP)

Carregando

ANÚNCIO PATROCINADO

Davi D'lírio

Avenida dos Caiçaras 1350 - Guarujá (SP) - 11420-440

(013) 98204-93...Ver telefone

Entrar em contato